O Poder dos Modelos de Mensagem nos Grupos do Linkedin

Os modelos de mensagens nos grupos do LinkedIn podem ter um efeito enorme nas pessoas que a leem. Mas a verdade é que poucas pessoas o aproveitam, e algumas nem sabem o seu real poder.

Por isso, decidimos lhe mostrar agora tudo o que você precisa saber sobre este assunto. Por isso, continue lendo, e usufrua da informação.

Os modelos do LinkedIn

Escondido nas configurações do LinkedIn, você pode encontrar os modelos de mensagem e alterá-los por conta própria. Isso é algo simples, mas nem sempre os modelos do LinkedIn são os melhores.

Por exemplo, para mandar um convite para alguém, o padrão é: “Você é uma pessoa em quem eu confio e gostaria de convidá-lo para minha rede”. Se você quer conhecer um novo profissional, não faz muito sentido mandar esse modelo, tendo em vista que ele parece se dirigir a alguém já conhecido.

Assim como você não deve usar esse modelo de mensagem, também não seria bom simplesmente usar os modelos de mensagem do LinkedIn.

Ao todo, são 4 modelos. Veja abaixo quais são:

  • Mensagem de solicitação de participação
  • Mensagem de boas-vindas
  • Mensagem de recusa
  • Mensagem de recusa e bloqueio

Os dois primeiros modelos são os que ocultam a oportunidade da geração de leads.

Pense na geração de leads em suas mensagens de boas vindas

Ao alguém solicitar a participação em grupos do LinkedIn, a primeira mensagem de solicitação para participar é executada automaticamente. Quando você decide redigir esta mensagem, você vai cobrir quatro coisas:

  • “Obrigado por seu interesse”
  • Dar mais detalhes sobre o grupo
  • Diga quando eles podem esperar uma resposta
  • E gerar uma liderança!

Ou seja, o primeiro modelo seria para dar um pouco mais de detalhes sobre o grupo e agradecer o interesse da pessoa em participar do mesmo.

A segunda mensagem a ser alterada é a de boas vindas do grupo. Ela é executada assim que a pessoa é aprovada para entrar. Nesta, há cinco coisas que você pode cobrir também. São elas:

  • Saudações ao novo membro do grupo
  • Mencione as regras do grupo
  • Diga-lhes que você valoriza suas contribuições e interações
  • Repita a sua oferta (geração de leads)
  • Pedir ajuda para espalhar mais sobre o grupo

Basicamente, você dá boas vindas ao novo membro e lhe informa sobre as regras do grupo. Regras estas que se não forem cumpridas resulta na remoção do membro.

Algumas dicas a mais para os grupos do LinkedIn

Se você quer algumas dicas para melhor gerenciar seu grupo, nós separamos algumas para você:

Configurar Regras de Grupo: como já mostrado antes, é bom que você informe sobre as regras do grupo logo na mensagem de boas-vindas. Mas é claro que, para que isso aconteça, você deve desenvolver essas regras. Não basta apenas criá-las, mas também agir de acordo com elas.

Envie anúncios: Tente tirar pelo menos um dia por semana para mandar anúncios para os membros de seus grupos do LinkedIn. Esta é mais uma oportunidade para você trabalhar na geração de leads.

Coloque seus melhores colaboradores no centro das atenções: Os colaboradores que mais lhe ajudarem devem ser mostrados aos grupos. Além de eles apreciarem isso, os outros se sentirão motivados a se esforçar um pouco mais.

Siga essas 3 dicas, e você poderá gerenciar melhor os grupos do LinkedIn, e, acima de tudo, incentivar a participação ativa das pessoas.

Conclusão

Como você viu, trabalhar nas mensagens dos grupos do LinkedIn pode ser, de fato, a sua melhor ajuda com os membros. Trabalhe bem nisso para dar ao grupo um tom mais convidativo e amigável, em que as pessoas sabem que podem falar um pouco mais o que pensam.



Author: Amarildo Ferrari
Especialista em Linkedin Marketing, Geração de Leads, Trafégo para site e Vendas com Linkedin.

Deixe uma resposta